Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Brigada recebe três motorhomes para policiamento na Restinga, Cruzeiro e Alvorada

Publicação:

Secretario Catarina Paladini realiza a entrega de 3 motorhomes para policiamento
Secretario Catarina Paladini realiza a entrega de 3 motorhomes para policiamento comunitário. - Foto: Divulgação / SJCDH

O policiamento na Região Metropolitana de Porto Alegre ganhou um importante reforço nesta sexta-feira (20). Três motorhomes foram entregues pelo Governo do Estado aos bairros Cruzeiro e Restinga, na Capital, além de Alvorada. Os veículos, que custaram cerca de R$ 2 milhões, foram adquiridos pelo Programa de Oportunidades e Direitos (POD) junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O POD é uma política pública liderada pela Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do Rio Grande do Sul que já atendeu mais de 7 mil jovens em situações de extremo risco.

Os motorhomes, equipados para atender qualquer tipo de ocorrência com agilidade, têm estrutura interna com banheiro, cozinha e sala de reuniões. Eles vão funcionar como unidades móveis e serão fundamentais no trabalho de prevenção à violência em áreas de grande vulnerabilidade social.

“É um trabalho ostensivo, cotidiano. Não queremos deixar escapar um jovem sequer para o crime. Nos locais atendidos pelo POD, notamos uma diferença significativa na batalha contra a violência. Queremos levar isso, com apoio de todo o Governo, para os 18 municípios do RS Seguro”, afirma o secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Catarina Paladini.

Secretario Catarina Paladini, junto com o Secretario de Segurança, Ranolfo Vieira Júnior, e o comandante-geral da Brigada Rodrigo Mohr.
Catarina Paladini, junto com o Secretario de Segurança, Ranolfo Vieira Júnior, e o comandante-geral da Brigada Rodrigo Mohr. - Foto: Divulgação / SJCDH

A entrega das bases móveis ocorreu ao lado da Escola Municipal de Ensino Médio Emilio Meyer, no bairro Medianeira. É neste local que foi erguido o novo prédio do Centro da Juventude (CJ) Cruzeiro, que será inaugurado no primeiro semestre de 2020. Além do CJ Cruzeiro, mais quatro serão abertos no próximo ano – Restinga, Rubem Berta, Lomba do Pinheiro e Alvorada – para formar milhares de adolescentes para o mercado de trabalho e para a vida.

“Os motorhomes vão inserir cada vez mais a Brigada Militar dentro das comunidades e serão fundamentais para aprimorar a relação da polícia com as pessoas. Espero que a Brigada faça bom uso dos equipamentos, de maneira integrada com as comunidades”, destaca o vice-governador e secretário de Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior.

De acordo com o comandante-geral da Brigada Militar, coronel Rodrigo Mohr Picon, a possibilidade de deslocamento permanente dos motorhomes vai facilitar a atuação dos policiais e elevar a sensação de segurança da população.

“Temos a ideia de um atendimento mais qualificado mesmo e um contato direto, dia a dia, com a comunidade, que é básico para fazermos um policiamento com maior eficiência”, ressalta o coronel.

Secretario Catarina Paladini junto com a comunidade
Secretário Catarina Paladini junto com a comunidade que receberá os três motorhomes. - Foto: Divulgação / SJCDH

O que é o POD?

O Programa de Oportunidades e Direitos está no quarto governo. É uma política pública pioneira no Brasil, criada para garantir empregos e qualidade de vida para jovens de regiões vulneráveis. Mais de 7 mil já foram atendidos nos bairros Cruzeiro, Restinga, Rubem Berta e Lomba do Pinheiro, em Porto Alegre, além de Viamão e Alvorada. Ele tem financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e do governo do RS.

No primeiro semestre de 2020, cinco prédios novos serão inaugurados em Porto Alegre e Alvorada. É nos CJs que os jovens participam de cursos profissionalizantes, têm aulas, confraternizam e tornam-se multiplicadores de conhecimento e cidadania. A meta do POD é atender anualmente 3.600 pessoas, entre 15 e 24 anos.

Os investimentos vão além da educação e do mercado de trabalho. O POD trabalha em parceria com a Justiça e promove a reintegração social de jovens que cumprem medida socioeducativa, além de estimular a boa convivência entre a comunidade e a polícia por meio de unidades móveis de segurança e agentes preparados para esse tipo de atendimento.

SJCDH - Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos