Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Como Identificar

Dentre os muitos sinais que podem ou não serem observados, e que, conjuntamente, podem indicar tanto situações momentâneas de ânimo e problemas de saúde, quanto a utilização de drogas, destacamos alguns, pontuados pela Polícia Civil[1]:

  • Sinais físicos: fadiga, cansaço, queixas contínuas sobre saúde, olhos congestionados, vermelhos e sem brilho, tosse permanente, insônia ou sonolência excessiva, alteração acentuada de apetite (a maconha aumenta e a cocaína e o crack diminuem, por exemplo), lesões ou irritações no nariz;
  • Sinais emocionais: mudanças de características de personalidade, mudanças rápidas de humor, comportamento irresponsável, pouco amor próprio ou autoestima, diminuição do raciocínio, depressão e falta geral de interesse;
  • Sinais na família: desobedecer às regras, retrair-se ou deixar de se comunicar com a família, ter atitudes impulsivas, reação defensiva quando mencionam drogas, ocorrer o desaparecimento de objetos e valores em casa ou no trabalho, bem como possíveis cheiros estranhos na roupa e na boca;
  • Sinais na escola: diminuição da motivação, falha nas tarefas e deveres, notas mais baixas, ausências frequentes e problemas de disciplina;
  • Sinais na vida social: mudança súbita de grupo de amigos, mudanças no estilo de vida que se refletem no abandono da prática dos esportes favoritos e nas práticas de lazer.

[1]  Divisão de Prevenção e Educação. Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico. Polícia Civil. Estado do Rio Grande do Sul. Prevenção às drogas: responsabilidade de todos! Rio Grande do Sul, 2014.

SJCDH - Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos