Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Festival da Juventude: governo e sociedade unidos para transformar vidas

Publicação:

31172656 1671185 GDO
31172656 1671185 GDO

Pelos próximos seis meses, Frederico Westphalen e outros municípios da região do Alto Uruguai recebem uma série de atividades culturais, esportivas e educativas promovidas pela Central Única das Favelas (Cufa), com apoio do Fundo Estadual da Criança e do Adolescente (Feca) e do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedica). 

Na quinta edição, o Festival da Juventude consolida-se como referência nacional de parceria entre poder público e sociedade civil para transformar vidas de jovens carentes e em situação de vulnerabilidade.

A abertura oficial ocorreu na última quinta-feira (30/5) na sede do Centro Cultural e de Desenvolvimento Social da Cufa em Frederico Westphalen, com a presença de cerca de 200 jovens. A edição de 2019 tem, entre suas metas, alavancar o projeto de ampliação da estrutura da Cufa no município com a construção de um auditório para ser utilizado pela comunidade local e por cidades vizinhas.

“Reconhecemos muito o trabalho não só dos oficineiros da Cufa, mas também de quem vive no município e acredita no que faz. Queremos ampliar relações de parceria como essa para que projetos semelhantes ganhem o Estado. É importante, por exemplo, que empresários invistam e façam a diferença em suas próprias áreas de atuação”, destacou o secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Catarina Paladini.

Uma das alternativas, de acordo com Catarina Paladini, é a destinação de parte do Imposto de Renda para projetos sociais. A pessoa física que faz a declaração completa pode reservar até 6% do valor devido ou aumentar a restituição.

“Não se aposta no jovem lá no futuro. É agora. Quando se deixa de atuar na área social, os gastos com saúde e segurança crescem exponencialmente. Um dos pilares deste governo é o eixo social, e faremos o possível para a emancipação dos jovens. Eles devem ser o que quiserem ser”, salientou o secretário.

Seletiva para a Taça das Favelas

Durante a abertura do Festival da Juventude, o coordenador da Cufa na região, Roberto Torres Júnior, anunciou a realização, em novembro, de uma etapa seletiva da Taça das Favelas 2019, o maior torneio de futebol entre favelas do mundo. A final será disputada em Porto Alegre, ainda sem data definida. Em São Paulo, o vencedor será conhecido no sábado (1º de junho), com transmissão ao vivo direto do Estádio do Pacaembu.

A Secretária Nacional de Juventude, Jayana Nicaretta da Silva, salientou que, além do esporte, da educação e da cultura, o festival começa a abrir espaço para o empreendedorismo.

“Queremos alcançar os 51 milhões de jovens do Brasil. São eles que vão desenvolver o nosso país. Temos de aproveitar a energia e o potencial da juventude para empreender e gerar renda”, afirmou.

A Cufa é uma ONG brasileira criada há 20 anos. Reconhecida nacional e internacionalmente nos âmbitos político, social, esportivo e cultura, ela tem na figura do rapper MV Bill o seu principal expoente. Outros destaques da ONG são a cantora Nega Gizza e o produtor Celso Athayde.

SJCDH - Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos