Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Inaugurado módulo escolar da Escola Estadual de Ensino Médio Tom Jobim no Casef

Publicação:

Inauguração do módulo escolar
Inauguração do módulo escolar
Por Jéssica Britto

Mais um espaço para integração e construção do conhecimento foi inaugurado na manhã desta quarta-feira (18). A Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH), Secretaria de Educação (Seduc) e a Fundação de Atendimento Sócio-Educativo (Fase) realizaram a entrega do módulo escolar da Escola Estadual Tom Jobim, em anexo ao Centro de Atendimento Socioeducativo Feminino (Casef), em Porto Alegre.

Inauguração do módulo escolar
Inauguração do módulo escolar

Estiveram na solenidade o presidente da Fase, Farelo Almeida, a diretora de Qualificação Profissional e Cidadania da Fase, Ledi Teixeira, o secretário de Justiça, Mauro Hauschild, a diretora da Escola Tom Jobim, Silvana Carvalho, a assistente de direção do Casef, Nádia Rodrigues, a coordenadora pedagógica da Fase, Janaína Mildner, e representantes da equipe da escola e do projeto de pesquisa desenvolvido na escola pela Unisinos. Alguns professores da instituição acompanharam a cerimônia, ao vivo, em transmissão online.

Prestigiando a cerimônia, enviaram suas mensagens por vídeo, o coordenador regional de educação (1ª CRE), Alaor Chagas, a diretora do Casef, Helena Dani, a promotora de justiça, Martha Jung, a juíza da 3ª Vara da Infância e Juventude de Porto Alegre, Karla Aveline de Oliveira, o secretário estadual de Educação, Faisal Karam e o governador do Estado, Eduardo Leite.

Presidente da Fase, Farelo Almeida, falou da importância e o significado da entrega de mais um módulo escolar para o futuro da Fundação. “Esta obra vem para transformar os jovens, pois a educação é que pode fazer com que eles reflitam e conquistem novos espaços. Temos uma equipe unida na Fase, aqui na Tom Jobim, que quer fazer acontecer, e eu tenho muito a agradecer a todos esses profissionais, pois eles são que fazem a diferença”, disse.

O secretário de Justiça, Mauro Hauschild, destacou a relevante parceria entre a Seduc, SJCDH e Fase no atendimento prestado aos adolescentes. “Quando a Fase faz bem o seu trabalho, os socioeducandos chegam melhor aqui na escola, quando a escola faz bem o seu trabalho, eles voltam melhores para Fase. Essa troca de experiências, de ensino e aprendizagem, permitem que a gente tenha resultados melhores, para que a gente consiga devolver esses jovens para sociedade em condições de pensarem o mercado de trabalho, de voltarem para uma atividade escolar regular e, principalmente, que eles possam superar o preconceito que nós ainda temos, o que é um erro, porque quando nós excluímos alguém, nós estamos novamente o devolvendo para a condição de vulnerabilidade”, sintetizou.

Silvana Carvalho, diretora da Tom Jobim, lembrou que a conclusão do espaço representa a concretização de um sonho para toda equipe da escola. “Esse é um sonho que sonhamos juntos, em muitas pessoas, da Fase, da escola, da universidade, os professores por muitos anos sonhavam em ter uma escola que a gente tivesse orgulho, porque o orgulho sempre se teve, do pedagógico, do fazer, mas ainda faltava o orgulho do ter, do espaço. Toda crença no sonho foi possível”, concluiu.

O módulo

O prédio com 319,50 m² é composto por biblioteca, seis salas de aula, sala de informática, copa, sanitário professores, sanitário alunos, depósito material de limpeza e depósito material pedagógico.

Iniciada em abril de 2019 e finalizada em maio de 2020, a obra teve o acompanhamento e supervisão do Núcleo de Engenharia e Arquitetura da Fase. O investimento foi de R$ 718.264,12, com recursos do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD), por meio da Seduc.

Outros módulos já foram entregues e estão em funcionamento no Case Santa Maria, no Case Pelotas, no Case Caxias do Sul e no Centro de Internação Provisória Carlos Santos (CIPCS), em Porto Alegre.

Laboratório Multimodal

Também foi entregue, nesta manhã, um Laboratório Multimodal viabilizado com recursos do Itaú Social em parceria com a Fundação Carlos Chagas (FCC). O laboratório é utilizado para o desenvolvimento do projeto de pesquisa “Novos significados para alunos dos anos finais do ensino fundamental no contexto da socioeducação: linguagens para a autonomia e a cidadania”.
A equipe responsável pelo projeto é composta pela professora doutora Cátia de Azevedo Fronza e a professora e doutoranda Sabrina Bastos, ambas do Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada da Universidade do Vale dos Sinos (Unisinos), e pela professora especialista e diretora da escola Silvana Carvalho, a professora doutora Angélica Mello e a professora doutora Andréa de Fraga, da Escola Tom Jobim.

O projeto tem o foco na ampliação das oportunidades de aprendizagem de todos os estudantes e na mitigação e superação de desigualdades educacionais dos anos finais do Ensino Fundamental.

Escola Estadual Tom Jobim

A Escola Tom Jobim funciona no Complexo Socioeducativo da Fase, na Vila Cruzeiro, e além do módulo escolar no Casef, também atua no Case POA I, POA II e CSE. Atualmente, tem cerca de 65 funcionários e 217 alunos ao todo.

A instituição oferta Ensino Fundamental regular até 14 anos, EJA/ Ensino Fundamental e Ensino Médio Regular, dando continuidade aos estudos dos socioeducandos, assegurando-lhes oportunidades e considerando as características e interesses, mediante ações didático-pedagógicas coletivas ou individuais.

SJSPS - Secretaria de Justiça e Sistemas Penal e Socioeducativo